Romeu Zema recebe apoio na 42ª ida à Zona da Mata

Crédito: Cristiano Machado

Governador esteve em Juiz de Fora para conceder entrevista e se reuniu com integrantes do setor produtivo

Completando 42 idas à Zona da Mata, desde 2019, o governador de Minas Gerais e candidato à reeleição, Romeu Zema (Novo 30), esteve, nesta quarta-feira (31), em Juiz de Fora para compromissos de campanha. Durante as atividades, ele recebeu apoio de moradores da cidade, destacando-se pelo exemplo de gestor público sempre presente e atuante em todas regiões mineiras.

No primeiro compromisso, em uma obra da iniciativa privada, Zema disse aos trabalhadores presentes como se sentia à vontade naquele ambiente, já que, como gestor, sempre esteve junto aos funcionários. Ele passou 30 anos abrindo, reformando lojas e treinando equipes em todo o estado. “Quando assumi o governo, o empresário deu lugar ao governador “chão de fábrica”, que em vez de ficar dentro do gabinete, roda Minas Gerais conhecendo, de perto, as demandas da população mineira para resolvê-las”, explicou.

Em Juiz de Fora, o governador participou de sabatina na TV Integração (afiliada da Globo) para apresentar as propostas de campanha e debater o avanço dos indicadores nas áreas da Saúde, Educação e Segurança Pública. Em seguida, participou de almoço com representantes de setores produtivos e lideranças políticas para falar das principais medidas que foram tomadas para desburocratizar e simplificar procedimentos do Estado visando facilitar a vida de quem empreende em Minas.

Geração de emprego

Já durante a coletiva de imprensa, realizada no Centro da cidade, Romeu Zema enfatizou que o principal projeto para Juiz de Fora é a geração de emprego. “Desde 2019, Minas Gerais atraiu R$ 260 bilhões. Grandes projetos foram instalados em Juiz Fora neste período”, afirmou.

Zema também chamou atenção para as melhorias que estão sendo executadas nas rodovias. “Várias estradas da região estão sendo recuperadas. O Governo de Minas, por meio da Cemig, está fazendo o maior investimento da história da companhia: R$ 28 bilhões na construção de 200 subestações. Levaremos energia elétrica trifásica para 500 mil produtores rurais”, disse.

O governador ressaltou que os mineiros podem esperar um governo muito melhor no segundo mandato em relação ao primeiro, qual teve os esforços concentrados no pagamento da dívida de R$ 30 bilhões aos municípios, fornecedores e o funcionalismo público.

“Cerca de 600 mil servidores não recebiam em dia. Esse número significa praticamente a população de Juiz de Fora. Imagina o impacto na economia da cidade se toda a população ficasse sem receber? Hoje, essa realidade é diferente. Começaremos 2023 sem essa dívida e Juiz de Fora será beneficiada”, finalizou.

Zema ainda caminhou pelo Calçadão da Rua Halfeld e encerrou os compromissos na cidade durante o encontro “Pé no Chão e Minas no Coração”, voltado para os apoiadores.

Facebook
Twitter
LinkedIn