Romeu Zema se reúne com Conselho Empresarial do Sul de Minas

Em Varginha, ele recebeu apoio da população, que compareceu e ouviu as propostas do governador para um segundo mandato.

O governador e candidato à reeleição Romeu Zema (NOVO 30) participou, na quinta-feira (1/9), de reunião do Conselho Empresarial do Sul de Minas, em Varginha. O grupo, que possui representantes de diferentes setores, apresentou os resultados obtidos pela região na geração de empregos e novos negócios. Zema reforçou o empenho de sua gestão para estimular o desenvolvimento econômico no estado, que já ultrapassou R$ 250 bilhões em investimentos atraídos.

“Os pagadores de impostos devem ser respeitados. O governo federal e estadual criaram ao longo das últimas décadas um peso adicional na bota que nós do setor produtivo calçamos. Eles colocaram um grama a mais por dia e hoje estamos com oito quilos em cada pé. Mas, no meu governo nós já reduzimos esse peso, simplificando o sistema de tributação e trazendo mais agilidade para o processo”, afirmou Zema.

O governador também lembrou os desafios que enfrentou quando assumiu o Governo de Minas e previu um segundo mandato muito melhor que o primeiro. “Nesses primeiros quatro anos, fiquei arrumando muita coisa e paguei R$ 30 bilhões de dívidas do governo anterior. Voltamos a pagar os servidores e os fornecedores na data certa. Agora estamos com a máquina muito mais ajustada e conseguimos tomar uma velocidade maior”, garantiu.

Agronegócio

Zema também esteve no Compra Minas, maior evento de negócios para produtores rurais do Sul do estado. Ele cumprimentou empresários e visitantes da feira.

Durante entrevista, o governador afirmou a preocupação que possui para melhorar a infraestrutura e garantir escoamento da produção mineira.

“Desenvolvimento só dá certo quando tem logística. O Sul de Minas tem recebido investimentos do Governo do Estado, como o trecho Varginha a Três Pontas, que está sendo revitalizado. Em Minas Gerais, são mais de 70 frentes de trabalho em andamento com asfalto novo, não é só operação tapa buracos. Isso só foi possível porque no ano passado, depois de 11 anos, tivemos equilíbrio na conta do Estado permitindo investimentos nas rodovias mineiras. Depois de uma década, vamos encerrar um ano, podendo dizer que as estradas mineiras melhoraram. Aqui na região também já definimos a reativação do ramal ferroviário que liga Varginha a Lavras, oferecendo mais competitividade aos produtos da região”, disse Zema.

Pé no Chão

No fim da tarde, Zema recebeu eleitores e lideranças políticas da região, no encontro “Pé no Chão e Minas no Coração”, realizado na Praça do ET. Na Concha Acústica, o governador abordou as atuais ações do governo e falou sobre propostas para um segundo mandato; depois caminhou até a área comercial da cidade, acompanhado pela multidão.

#
Facebook
Twitter
LinkedIn