Romeu Zema se reúne com grupo “Mulheres do Brasil”

Crédito: Cristiano Machado (Novo-MG)

Governador valorizou a presença feminina em cargos de liderança na gestão de MG

O governador de Minas Gerais e candidato à reeleição, Romeu Zema (Novo), se reuniu, nesta terça-feira (16), com integrantes e lideranças do “Mulheres do Brasil”, grupo suprapartidário que desenvolve e apoia projetos sociais. Durante o encontro, foram discutidas ações em diversas áreas, como educação, segurança, turismo e desenvolvimento econômico, que estão sendo executadas pela gestão Zema e também pelo grupo em diferentes regiões do estado.

Zema valorizou a participação feminina em cargos de liderança. No decorrer da atual gestão, seis das 14 pastas do primeiro escalão do Governo de Minas foram chefiadas por mulheres, o que representa praticamente metade dos cargos de direção destinados ao gênero feminino. Para efeito de comparação, no último ano do governo passado, as mulheres representavam apenas 5% das funções de comando. No segundo escalão, Minas possui atualmente mais de 40% dos cargos de chefia ocupados por mulheres.

“Nunca houve um governo em Minas Gerais que a participação feminina no primeiro e segundo escalão fosse tão bem representada em quantidade e qualidade. Pela primeira vez na história, tivemos uma mulher à frente da Secretaria de Meio Ambiente e da Secretaria de Agricultura, além de termos uma secretária na pasta de Gestão e Planejamento. O percentual de mulheres é alto porque fizemos processo seletivo e elas foram escolhidas pela competência, não teve indicação dos amigos do rei”, afirmou Zema.

Crédito: Cristiano Machado (Novo-MG)

Ele também ressaltou os resultados de ações do governo que beneficiam as mineiras. O programa Trilhas de Futuro, que oferta ensino técnico gratuito para qualificação profissional de jovens e adultos, possui 66.371 mulheres com matrículas ativas, número que representa 62% dos matriculados em todo estado. As participantes fazem cursos de dois anos de duração em instituições de ensino particular e recebem auxílio transporte e alimentação.

“Nós temos atraído muitas empresas para Minas Gerais, são R$ 236 bilhões de investimentos privados no Estado na minha gestão. Muitas vezes há vagas em aberto, mas as interessadas ou interessados não têm a devida qualificação que a função exige. Com o Trilhas de Futuro, as mulheres estão tendo a oportunidade de fazer cursos técnicos em várias áreas. Isso significa que as pessoas vão ter mais empregabilidade e um futuro profissional melhor”, disse o governador.

#
Facebook
Twitter
LinkedIn